Prestes a completar dois anos de casa, técnico espera recolocar Azulão no Brasileiro

8/6/2016

Permanência de Luiz Carlos Martins é vista pela diretoria como fator crucial pelo título da Copa Paulista, neste segundo semestre
 

 

  

(São Caetano do Sul, 08 de junho de 2016) - Indo na contramão das tendências do futebol brasileiro, o Azulão aposta na continuidade do trabalho realizado no clube para colher os frutos na Copa Paulista. Com o objetivo de ser campeão e retornar ao cenário nacional em 2017, o time do ABC assegurou a continuidade de Luiz Carlos Martins no cargo de treinador junto de grande parte do elenco. 


A permanência do comandante explica-se pelos bons resultados conquistados nos últimos campeonatos. Mesmo sem o sonhado acesso em nenhum deles (Série A2 e Série D), a equipe azulina voltou a ter papel de protagonista. 


Responsável direto por recolocar o São Caetano no caminho certo, Martins comentou sobre a confiança recebida pela diretoria como um dos fatores cruciais pela retomada do time na briga pelas primeiras colocações. 


“Como profissional e ser humano, fico satisfeito pelo reconhecimento. Quando voltei muitas coisas não vinham bem no São Caetano, mas graças a Deus passamos a vivenciar um bom ambiente no clube e por fatalidades não conseguimos os nossos objetivos. A diretoria, representada pelo nosso presidente Nairo Ferreira de Sousa, sentiu que foi feito um bom trabalho. A nossa camisa precisa voltar o mais rápido possível ao cenário nacional e nós estamos nos esforçando para isso”, explicou. 


Prestes a completar dois anos de sua segunda passagem no comando caetanista, Martins dirigiu o time até agora em 52 jogos. Neste período acumulou 28 vitórias, 14 empates e 10 derrotas. 


Copa Paulista 


Tendo o privilégio de manter no segundo semestre boa parte do elenco que participou do primeiro, o treinador do São Caetano também comentou sobre a importância de assegurar grande parte do elenco para a sequência do ano. 


“Sempre quando se dá continuidade ao trabalho é bom. Até pelo lado psicológico presente na comissão técnica e nos jogadores, que permaneceram. Um campeonato diferente se iniciará e precisamos buscar motivações. Vamos ter que trabalhar bastante, pois muitas equipes estão se mexendo também”, ponderou Martins. 


Deixaram o clube para a Copa Paulista, apenas o goleiro Renan Rocha; o lateral Paulo Fernando; os meias Diego Sales e Dodô; e os atacantes Romarinho e Júlio César. 

Assessoria de imprensa
assessoria@adsaocaetano.com.br

Please reload

© 2018 A.D. São Caetano

ACOMPANHE:

  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Facebook Clean
  • Instagram - White Circle