Trabalho em família dita ritmo de treinos no Azulão

8/4/2016

Luiz Carlos Martins e André Martins trabalham juntos há quatro anos e conquistaram três acessos desde então
 


(São Caetano do Sul, 07 de abril de 2016) - O Azulão fez por merecer a condição de líder da primeira fase da Série A2. Além do desempenho dos jogadores, muito da campanha feita na parte inicial da competição se deve a comissão técnica, que conta com trabalho em família desde o ano passado.

Ao lado do técnico Luiz Carlos Martins está André Martins, filho e auxiliar do comandante. Contudo, mesmo com o laço familiar, as coisas não se misturam quando o assunto é trabalho.


“O André é meu filho, mas nós não misturamos as coisas. Ele é inteligente, sabe trabalhar, possui formação e jogou futebol. Ele é meu filho, porém na hora do treino é o nosso auxiliar”, explicou o comandante.


Conhecimento da área


André Martins não é um mero espectador nas atividades do dia a dia do Azulão. Jogador profissional durante quase nove anos, o hoje auxiliar utiliza desta vivência para ajudar os nomes, que hoje integram o elenco caetanista.


 “Esta experiência ajuda muito na parte de entender a cabeça dos atletas. Você já esteve do lado deles e sabe como eles pensam. Utilizo muito disso para formar uma família aqui”, contou o auxiliar.


São Caetano e Santo André iniciam neste sábado (9) a fase de quartas de final da Série A2. Bom conhecedor do clima que envolve uma partida desta importância, André Martins também descreveu a sensação que passa neste momento pelos jogadores do Azulão.
 

 “Nesta fase de mata-mata a ansiedade é normal. Além de tudo não é um simples confronto, mas sim um clássico contra o Santo André. Estamos trabalhando a cabeça dos jogadores, deixando eles a vontade. Acredito no grupo e vamos fazer grande jogo”, concluiu.


Assessoria de imprensa
assessoria@adsaocaetano.com.br

Please reload

© 2018 A.D. São Caetano

ACOMPANHE:

  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Facebook Clean
  • Instagram - White Circle